terça-feira, 11 de dezembro de 2012

"procuramos urgente um negro bem dotado "

se você é negro educado, simpático, bem humorado, com dote acima de 23 cm, entre em contato com agente pelo,  e-mail: 
casalelabi4530@gmail.com 
msn:
casalfeliz4530@hotmail.com
ou deixa recado no blog
para encontro urgente
obs: só entra em contato pessoas que tenha experiências com casais liberais,  
 vamos deixar aqui algumas fotos de ilustração para os canditádos saibam oque agente esta procurando
nós temos fantasias para ser realizada com negro bem dotado
se você se encaixa nesse perfil entre em contato.
apos o primeiro contato passaremos o numero do nosso celular para contato rápido
para agilizar o contato pode ser pessoas da mesma cidade.
mas tem que ser discretos e, sigilosos.



sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

NOSSO BLOG É VISTO EM VÁRIOS PAISES NESSE MUNDO POR ISSO VAMOS AGRADECER EM VÁRIOS IDIOMAS

MAIS UM ANO SE PASSOU QUEREMOS AGRADECER AOS CASAIS, HOMENS SOZINHOS, MULHERES LÉSBICA, CASAIS BISSEXUAIS, NÃO ESQUECENDO DOS MARIDO CORNO, QUE JUNTO COM AGENTE ESTAMOS FINALIZANDO MAIS UM ANO,  MAS PROMETEMOS REPETIR TUDO NO ANO QUE VEM,
DESDE JÁ QUEREMOS DESEJAR UM FELIZ NATAL A TODOS E, UM PROSPERO ANO NOVO REPLETO DE MUITA SAÚDE E, MUITO SEXO,
ESTE SÃO OS VOTO DO CASAL FELIZ PARA TODOS.

                           UM FELIZ NATAL.
                                IDIOMA ÁRABE
ANOTHER YEAR مرت وإذا أردنا أن أشكر الأزواج، الرجال وحدهم، النساء السحاقيات، والأزواج المخنثين عدم نسيان الزوج أن HORN إننا نقوم بانهاء AGENT مع آخر YEAR، ولكن الوعد ALL IN AGAIN العام المقبل،
من العوز بالفعل عن رغبتهم لكم جميعا عيد ميلاد سعيد وسنة جديدة سعيدة كامل الصحة وMUCH، SEX MUCH
THIS IS THE PHOTO FOR ALL زوجين HAPPY.

                            A MERRY CHRISTMAS.
                                                  IDIOMA INGLÊS
ANOTHER YEAR PASSED IF WE WANT TO THANK COUPLES, MEN ALONE, WOMEN LESBIAN, BISEXUAL COUPLES NOT FORGETTING THE HORN HUSBAND THAT WE ARE FINISHING AGENT TOGETHER WITH ANOTHER YEAR, BUT ALL PROMISE AGAIN IN COMING YEAR,
FROM ALREADY WANT WISH YOU ALL A MERRY CHRISTMAS And A HAPPY NEW YEAR FULL OF HEALTH AND MUCH, MUCH SEX
THIS IS THE PHOTO FOR ALL HAPPY COUPLE.

                            A MERRY CHRISTMAS.
                                                     IDIOMA FRANCÊS
UNE NOUVELLE ANNEE PASSE SI NOUS VOULONS REMERCIER LES COUPLES, hommes seuls, femmes lesbiennes, les couples BISEXUELLES SANS OUBLIER LE MARI HORN QUE NOUS SOMMES AVEC FINITION AGENT AUTRE ANNÉE, MAIS TOUS LES PROMESSES DE NOUVEAU DANS année à venir,
DE voulez déjà vous souhaiter un Joyeux Noël et une BONNE ET HEUREUSE ANNEE PLEINE DE SANTE ET BIEN, beaucoup de sexe
C'EST LA PHOTO POUR TOUS COUPLES HEUREUX.

                            UN JOYEUX NOËL
                                          IDIOMA HINDI
एक और वर्ष के पारित कर दिया अगर हम अकेले जोड़े प्रभुत्व का शुक्रिया अदा करना चाहता हूँ, महिलाओं समलैंगिक, उभयलिंगी जोड़े भूल जाते हैं कि हम एजेंट को खत्म कर रहे हैं एक और वर्ष के साथ मिलकर पति सींग नहीं है, लेकिन आने वाले साल में सभी वादा फिर से,
पहले से ही चाहता हूँ कि तुम सब एक मेरी क्रिसमस और एक खुश नया स्वास्थ्य और बहुत ज्यादा सेक्स का पूरा साल इच्छा
यह सब खुश जोड़ी के लिए तस्वीर है.

                           एक क्रिसमस.
                                               IDIOMA RUSSO
Прошел еще год, если мы хотим СПАСИБО пары, одни мужчины, женщин лесбиянок, бисексуалов пар, не забывая при этом HORN мужу, что мы заканчиваем AGENT вместе с другой году, но все обещания СНОВА В следующем году,
С уже хотят желаю вам всем счастливого Рождества и HAPPY NEW YEAR полон здоровья и много, много секса
ЭТО ФОТО ДЛЯ ВСЕХ счастливой парой.

                           С Рождеством Христовым.
                            IDIOMA ESPANHOL
OTRO AÑO PASADO SI QUEREMOS AGRADECER A PAREJAS, HOMBRES SOLOS, las mujeres lesbianas, bisexuales PAREJAS NO OLVIDAR EL MARIDO CUERNO QUE ESTAMOS TERMINANDO ENVIAR JUNTO CON OTRO AÑO, PERO LA PROMESA DE NUEVO EN TODO EL AÑO QUE VIENE,
DESDE YA QUIERO Les deseo a todos una Feliz Navidad y un Feliz Año Nuevo lleno de salud y sexo MUCHO, MUCHO
ESTA ES LA FOTO PARA TODOS feliz pareja.

                            Una Feliz Navidad.

                                 IDIOMA JAPONÊS
我々だけで、カップル、男性に感謝したい場合はもう一年が過ぎ、女性、レズビアン、バイセクシャルカップルが来年には再び我々は別の年と一緒にエージェントを仕上げていることHORNの夫を忘れることが、すべての約束できない、
既にすべてのメリークリスマス、そして健康とは、はるかにセックスのフル新年おめでとう欠乏から
これは、すべての幸せなカップルのための写真です。

                           メリークリスマス。
 
                                    IDIOMA ITALIANO
UN ALTRO ANNO PASSATO SE VOGLIAMO RINGRAZIARE COPPIE, SOLO UOMINI, DONNE, COPPIE LESBO BISEXUAL NON DIMENTICARE IL MARITO CORNO CHE STIAMO FINITURA AGENTE CON UN ALTRO ANNO, MA TUTTI PROMESSA DI NUOVO IN prossimo anno,
GIÀ DA VOGLIO A tutti auguro una BUON NATALE E FELICE ANNO NUOVO PIENO DI SALUTE E MOLTO, MOLTO SESSO
QUESTA E 'LA FOTO PER TUTTI coppia felice.

                            Un BUON NATALE.
                               IDIOMA ALEMÃO
Ein weiteres Jahr verging, WENN WIR für Paare, Männer allein danken, Frauen Lesben, bisexuelle Paare nicht zu vergessen die HORN Mann, dass WIR SIND Appreturmittels zusammen mit einem weiteren Jahr, aber alle versprechen AGAIN im kommenden Jahr,
Von bereits WOLLEN wünsche euch allen ein frohes Weihnachtsfest und ein HAPPY NEW YEAR FULL OF HEALTH und viel, viel SEX
Dies ist das Foto FÜR ALLE glückliches Paar.

                            Ein frohes Weihnachtsfest.


又過了一年,如果我們要感謝的伴侶,別說男人,女同性戀,雙性戀夫妻不要忘了喇叭的丈夫,我們正在整理劑一起又過了一年,但所有的承諾在來年再次,
從已經想祝大家聖誕快樂,新年快樂,充滿健康和很多很多SEX

這是所有幸福的情侶寫真。

                           聖誕快樂。

                                         IDIOMA LATIM
     

ALIUD ANNUS ABACTUS si nos volo ut GRATIAS AGO coniugia soli homines, MULIERIBUS LESBIUS, hermaphroditorum matrimonio coniunctorum NON PRAETERIENS AD HORN MARITUS quod sumus COLOPHON PARARIUS QUM ALIUD ANNUS, sed omnes POLLICITATIO DENUO IN ANNUM,
EX IAM VACIVITAS tibi opto A LETA NATIVITAS et beatum NEW ANNUS PLENA SALUTEM ET multum, multum SEXUS
HIC EST PHOTO PERPETUUM GAVISUS CULO.

                            A LETA NATIVITAS.
                                            IDIOMA TAILANDÊS
ปีผ่านไปอีกถ้าเราต้องการที่จะขอขอบคุณคู่รักสุภาพบุรุษคนเดียวเลสเบี้ยคู่เลสเบี้ยนไม่ลืมสามี HORN ที่เราจะจบตัวแทนร่วมกับอีกหนึ่งปี แต่สัญญาทั้งหมดอีกครั้งในปีนี้,
จากแล้วต้องการขอให้คุณทั้งหมด Merry Christmas และปีใหม่ทั้งหมดของสุขภาพและมากเพศมาก
THIS IS ภาพสำหรับคู่ความสุขทั้งหมด

                           สุขสันต์วันคริสต์มาส
                                               IDIOMA NORUEGUÊS
Et annet år sendes hvis vi ønsker å takke par, menn alene, kvinner lesbisk, bifil PAR ikke glemme HORN mann som vi er sluttplasseringen AGENT sammen med en annen ÅR, MEN ALLE PROMISE IGJEN I kommende år,
FRA allerede vil ønske dere alle en riktig GOD JUL og et godt nytt år fylt av HELSE OG MYE, MYE SEX
Dette er bildet FOR ALL lykkelige paret.

                            En riktig GOD JUL.

atendendo aos pedidos de nossos amigos americanos vamos postar esse conto fantasia de corno em inglês

He was aware of his escapades to give the ass, especially a young man who lives near us, he started to talk to see if I entered the game, but was soon clear to give up is a bitch and I'll turn my start by mechanic he sings me for years and I have the hots for him ... Yes! 'm even ordinary ... I admit ... I'm pretty bitch! Very bitch ... Shameless of all ... I'm a whore "WOMAN"! But so what? I called him late, and said he needed his services, and my husband who is a good friend of him, was working and I was alone and the car would not start, hit the horn this time it would be hidden just watching, but seemed he was expecting the call because only started to ask, he said he would come after dinner. I prepared something for us to eat early in the morning (I knew something would do something like he got!). She had a dress showing which service I really wanted, and also what he so coveted for years, talked and ate something, and in the end he decided he would take a quick shower and, as is one of the things that never tired of looking at it is the Apollonian body, and knew also that during this wonderful evening I would be slain for his pleasure, adorava.Não thing left he closed the bathroom door so we can chat while he took off his clothes. I saw the wonderful body, Via also his manly chest, a flat stomach and groin covered by the abundant black, embracing a thick delicious bites. Her thighs and legs were there, but my eyes were fixed only on his cock, already hard and at the ready for their tasks, some gentle and delicate, other abrutalhadas at least to make it clear that he was the trainer of your female. I've felt that my panties were honeydew and my vagina was ready for their services, but I knew it would run for the sacrifice of his female as the desires of my male. I could not stand anymore, eliminated the bathroom, opened the box, wiped up more or less and came with me. At this time I realized he was grabbing me, pulling my race, my shorts and my thong, handing her a towel so I enxugasse best as he kneaded and kissed and sucked my breasts. I made the service very slowly as he started to kiss me on the mouth, pulled the towel from his chest as he began to kiss me and lick and nibble my breasts, sucking my nipples already endurecidos.Estava finishing wipe his groin when he ripped the towel of my hands, carried me to bed, and after playing on my bed, my legs separated, and knelt and began expanding my pussy with his fingers, nibbling my clit and stuck my vagina with his tongue. I breathed choppy, out of bed and my knees, reaching the ground when my mouth reached his wonderful tool, my primary goal. I held his cock and began licking and kissing gently, the glans to the root and the root to the glans, sucking his head, trying to swallow his balls, first one and then another (sorry I never got the two together in my mouth) and started sucking his jeba, first slowly and then accelerating, sometimes leaving the head and back to cock, going back to the roots and the glans. He did this at a slow speed to avoid ejaculation did not occur quickly, suddenly felt to be getting his ejaculation and swallowing, tasting your honey sublime, divine nectar of my male, accepting all he could offer me. When the volume decreases, increased my sugar so that I only receive their foam up when dried. He said the dream of this year, threw me on the bed and the cock still hard as a rock, cursed me, called me hot and horn in the closet, but I told him now you will only be entitled to rip me in a todinha motel dearly .... only desire was to stay in ... so he left tudinho spit in the mouth of the horn, which did not want to stop kissing me ...

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

fantasias de casais liberais

video

meu marido é viado eu não sabia.agora virou corno também video
video
Já estava ciente de suas escapulidas para dar o cuzinho, principalmente a um jovem que mora perto de nós, ele começou com a conversa pra ver se eu entrava no jogo, mas fui logo clara se é pra dar vou virar puta e vou começar por meu mecânico ele me canta a anos e tenho tesão por ele... Sim!
sou ordinária mesmo...
Admito...
Sou bem puta!
Muito puta...
Despudorada de tudo...
Sou uma puta “MULHER”!
Mas e daí?
Liguei pra ele bem tarde, e disse que precisava de seus serviços, e meu marido que é muito amigo dele, estava trabalhando e eu estava sozinha e o carro não queria pegar, acertei com o corno que desta vez ele ficaria escondido apenas assistindo, Mas parecia que ele estava esperando o convite porque, apenas comecei a perguntar, ele disse que viria depois do jantar. Eu preparei alguma coisa para nós comermos de madrugada (eu sabia que alguma coisa iríamos fazer algo assim ele chegasse!). Estava com uma roupa mostrando qual o serviço que realmente eu queria, e também o que ele tanto cobiçava a anos, conversamos e comemos alguma coisa, e no final ele decidiu que ele iria tomar um chuveiro rápido e, como é uma das coisas que nunca canso de olhar é o corpo apolíneo dele, e sabia também que durante esta noite maravilhosa eu seria imolado para o prazer dele, coisa que adorava.Não deixei que ele fechasse a porta do banheiro para podermos bater papo, enquanto ele tirou a roupa. Eu via o corpo maravilhoso, Via também o seu tórax másculo, numa barriga chata e virilhas cobertas por pelos negros abundantes, acolhendo uma pica grossa deliciosa. Suas coxas e pernas estavam lá, mas meus olhos se fixaram apenas no seu pênis, já duro e em riste para suas tarefas, algumas gentis e delicadas, outras abrutalhadas, pelo menos para deixar claro que ele era o domador da sua fêmea. Eu já sentia que minha calcinha estava melada e minha vagina estava pronta para seus serviços, mas eu sabia que para isto deveria executar o sacrifício da sua fêmea conforme os desejos do meu macho.
Não aguentei mais, eliminou o banho, abriu o box, enxugou-se mais ou menos e chegou junto a mim. Neste momento percebi que ele estava me agarrando, arrancando minha regata, meu short e minha tanga, entregando sua toalha para que eu o enxugasse melhor, enquanto ele amassava e beijava e chupava meus seios. Fiz o serviço muito devagarzinho enquanto ele começou a me beijar na boca, afastou a toalha de seu peito enquanto começou a me beijar e lamber e mordiscar meus seios, sugando meus bicos já endurecidos.Estava terminando de enxugar suas virilhas, quando ele arrancou a toalha de minhas mãos, carregou-me para a cama, e, após jogar-me na cama, separou minhas pernas, e ajoelhou-se e começou alargar com seus dedos minha buceta, mordiscar meu clitóris e enfiou minha vagina com sua língua. Eu respirava entrecortado, saindo da cama e meus joelhos, chegando ao chão, quando minha boca alcançou sua maravilhosa ferramenta, o meu objetivo primordial.
Segurei seu pênis e comecei a lamber e beijar delicadamente, da glande até a raiz e da raiz até a glande, chupando a cabeça, tentando engolir suas bolas, primeiro uma e depois outra (pena que nunca consegui as duas juntas na minha boca), e comecei a chupar sua jeba, primeiro devagar e depois acelerando, deixando às vezes a cabeça e voltando ao pau, indo até a raiz e voltando à glande. Fazia isto numa velocidade lenta para evitar que a ejaculação não ocorresse rapidamente, De repente senti estar recebendo a sua ejaculação e engolir, saboreando o seu mel sublime, o néctar divino do meu macho, aceitando tudo que ele pudesse me oferecer. Quando diminui o seu volume, aumentei o meu sugar de forma que passei a receber apenas sua espuma até quando secou.
Ele disse a anos sonho com isso, me jogou na cama e com o cacete ainda duro feito pedra, me xingava, me chamava de gostosa e o corno no guarda-roupa, mas disse a ele agora vc só terá direito de me rasgar todinha em um motel bem caro.... só foi pra ficar no desejo... assim que ele saiu cuspi tudinho na boca do corno, que não queria mais parar de me beijar...






     assista esse video para comprovar como esse marido corno fica orgulhoso de ver sua linda esposa gemendo no cacete do amante negro.
video







quarta-feira, 21 de novembro de 2012

a minha surpresa foi a do meu marido

Vou me apresentar sou andreia tenho 32 anos morena 1,70 55kg cabelos progressivamente tratados olhos e cabelos castanhos claros Era de familia humilde do interior de são paulo,conheci uma pessoa um pouco mas velha do que eu acabei me apaixonando não por que tinha dinheiro e sim por que cuidava de mim muito bem.depois de 1 ano de namoro casamos e eu fui morar na capital… Mas indo ao que interessa… Meu marido trabalha em uma firma,onde é mestre de obras e fica o maior tempo lá Eu trabalho num salão de beleza onde ele tbm é socio e chego em casa sempre as 4 da tarde tinhamos alguem que cuidava da nossa casa, casamento tava um pouco frio sexo por sexo e só um belo dia tive uma ideia de preparar uma surpresa pro meu marido mandei a menina pra casa e preparei um jantar que ele gostava coloquei velas perfumadas na casa toda e vestir uma nova lingerie nova bem provocante,antes tinha ligado pro seu celular e ele disse que tava quase chegando deixei um bilhete dizendo que era pra vestir o que tava no banheiro de baixo e a luz sempre apagada,eu tive uma impressão que tinha escutado outra voz mas deixe pra lá ele fez o que mandei liguei pro seu celular e mandei sentar no sofá desci as escadas bem devagar com uma musica de fundo e comecei a abracar ele por traz fiquei na sua frente e comecei a passar minha lingua no seu corpo quando abri o ropão meu deus tava duro e melado como sempre cair de boca naquela rola e fiquei massageando suas bolas ele pegou uma taça de vinho e derramou na minha boca (ele sabe que fico tontinha com vinho)quando tava de boca sentir outra mão me pegar nas costas dei um suspiro e meu marido pediu que não olhase pra traz amarrou um pano nos meus olhos e me levou pra cama me colocou de quatro e pediu que eu abrisse bem a xaninha
nossa quase morri de tesão sentir uma boca grossa e gelada nela gemir gostoso e meu marido dizendo que a puta dele merecia aquilo o seu amigo colocou uma camisinha e sem pena meteu tudo no meu cú gritei e meu marido deu um tapa na minha cara chorei de tesão e dor meu marido colocou a rola do amigo na minha boca e pediu que ele metesse até eu vomitar meu marido deitou e me colocou por cima da sua rola com mnha xaninha enquanto dessa vez carinhosamente o amigo meteu no meu cuzinhonunca tinha feito aquilo mas rebolava feito uma puta. gozei tanto que apaguei quando dei por me meu marido tava me chupando e ofegante e comecei a eterrar mas pra minha surpresa era o meu marido sendo penetrato pelo amigo sempre desconfiei mas nunva disse nada ainda de olhos fechados gozei na boca do meu marido ouvir o amigo dele dizendo que ia gozar só vi meu marido abrindo minha boca e metento aquela porra toda e engolir tudo…
meu marido comeu mas uma vez e o amigo dele no meu cú foi tatanta dor de prazer que desmanhei… Acordei o dia já tava claro uma bandeja linda na cama …tomei o café e desci meu marido tava na sala lendo o jornal beijei ele locamente e pra minha surpresa descobrir que tinha sido o meu chefe o socio do meu marido… Depois desse dia ñ paramos de fuder pensando naquela surpresa… bjs carinhosos e quem gostou manda comentarios


Em meados de julho eu me sentia feliz e axava que tudo estava certo em minha casa,nao imaginava oque eu estaRIA A SUPORTAR.Minha mulher sempre foi bonita jamba cabelo liso e muito xeirosa, percebi eu que ela andava xegando tarde e muitas vezes sem a calcinha que sempre era menor q minha mao nossa ficava linda nela, a luana sempre me conquistou por ter voz de menininha e quando gozava eu ficava louco e sempre fiz o que ela quis,depois de 10 anos de casamento,eu me deparei com luana pelada nacama falando com alguem e quando eu xegei a ligaçao foi encerrada depois de uma hora ela se arruma e fala que vai na casa da amiga, volta cansada suada e sem a danada da calcinha,peguei no pe dela entao comecei a sentir o danado do chifre,ela contou tudo, que ia as baladas enquanto eu viajava e dava pros amigos dela e meus,e os detalhes todos eu nem sabia que o ex-namorado dela comia ela ate hj, amigos de escola,e ate um vizinho nosso,e todas as vezes que ela me mandava lamber sua boceta era p q ela tinha dado e queria carinho na xana pois estava dolorida, o carro bonito parado na esqina nada mais era que meu patrao qe me deu uma promoçao qe agora que eu entendi o pq e por que tinha de viajar, as marcas na bunda dela era de apanhar e nao de alergia,os seos marcados erao de chupadas e nao do sutiem.nossa tudo tinha explicaçao, quantas vezes eu chupei sua boceta que vinha da rua molhada eu eu achava que ela estava exitada quantas saidas noturnas que iria ver uma amiga que nao estava bem,todas elas explicadas detalhes por detalhes,minhA mulher era muito puta,meus amigs meu patrao,nossa.quantas vezes ela estava nua na cama mes amigos chegAVAO EM CASA E DIZIAO IR NO BANHEIRO E EU NEM NOTAVA QUE ALI JA ROLAVA SEXOE DO PESADO, COMO EU TINHA MUITO SERVIÇO NA NET NEM DAVA TEMPO DE OLHAR,QUANTAS VEZES ELA SAIU DO BANHEIRO E MOSTRAVA A BUNDA PROSMEUS AMIGOS EU NAO VIA MOSTRAVA SEIOS E ATE DAVA TEMPO DOS CARA FAZER UMA ORAL PRA ELA MAS NAO VIA,TUDO LI ELA ME DISSE,EU ME INDGNEI QUASE BATI NELA AXO QUE ATE BATI, ENTAO ELA DECIDIU IR EMBORA MAS EU A AMO ENTAO PENSEI BEM E PEDI DESCULPAS ENTAO QUEM ME BATEU FOI ELA NAO REAGI ELA ME BAEU XINGOU DE TUDO NOME,E DISSE QUE IA PARAR.UM DIA EWPOIS DISSO VEIO MEU AMIGO EM CASA ESTAVAMOS NO SOFDA CONVERSANDO ELA ENTAO XEGOU DE BLLUSINHA CURTA E COM UMA CUECA FEMININA,NOSSA EU QUIS FICAR BRAVO,ELA ME MANDO CALARA BOCAE DISSE QUE ESTAVA NA CASA DELA E QUEM MANDAVA ERA ELA,EU FIQEI QUETO,E DE QUEBRA MANDOU EU FAZER UMA CAIPIRA PRO MEU AMIGO QUE ESTAVA MUITO CALOR,ELA DA COZINHA EU VIA ELA DANDO BEIJOS NELE E PASSANDOA MAO NO SEU PAU,EU NAO REAGI PERDI O RESPEITO E PENSEI E AGORA?VOLTEI LA DEI A CAIPIRA PRA ELA ELA ENTAO PEGOU O COPO DESPEJOU UM POUCO NOS SEIOS E MANDOU O MEU AMIGO LAMBER TIROU A BLUSA E EU ALI OLHANDO ELE LAMBIA CADA PEDEÇINHO DOS SEOS DELA DEPOIS ELA SE LEVANTOU E MANDOU EU TIRAR SUA CALCINHA EU TIREI ELA COLOCOU A OERNA NO SOFA E MANDOU EU LAMBER SUA BUCETA EU NAO DIZA NADA COMEÇOU A BEIJAR O CARA EQUANDO EU VI O PAU DO CARA ESTAVA PASSANTO PERTO DA MINHA BOCA E ENTRANDO EM SUA BUCETA E ELA DISSE NAO TO SENTINDO SUA BOCA EU FEXEI O OLHOS E LAMBI SUA BUCETA COM PAU E TUDO NOSSA QUE COISA ESTRANHA MAS XUPEI O TEMPO QUE O MEU AMIGO METEU EU TIVE QUE CHUPAR E FOI ASSIM A TRANSA INTEIRA DE TODAS AS POSIÇOES DEPOIS QUE O CARA GOZOU SE VESTIU E FOI EMBORA SEM DIZER NADA ELA CRUZOU A PERNA E FICOU ME ESPRANDO EU FUI TRANQUEI A PORTA E VOLTEI ELA ME AGARROU PELO CABELO E ESFREGOU A XANA NA MINHA BOCA E DISSE LIMPA TUDO SEU CORNO SAFADO DE AGORA EM DIANTE VAI SER ASSIM,EU MANDO NA CASA NO CARRO EM VC CERTO? EU DISSE CERTO E NUNCA GOZEI TANTO DEPOIS DISSO,XU´PAVA ELA E GOZAVA COMO LOUCO COMIA ELA QUANDO ELA QUERIA E COMO ELA QUERIA MAS FOI BOM JA FAZ UM ANO QUE VIVO ASSIM E ME SINTO FELIZ EM SER SEU ESCRAVO.... ABRAÇOS QUEM QUIZER SER TBEM E MUITO BOM

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

levei minha esposa numa casa de swing

                 
quando o relacionamento de um casal entra na rotina, procura uma casa de swing para apimentar seu casamento.
                            uma aconchegante casa de swing



                      troca de casais numa casa de swing


A história que vou contar agora é verdadeira e aconteceu numa casa de swing.

Ela sempre foi do tipo exibicionista, e a primeira vez que percebi isso foi na praia, quando eu avisei a ela que a calcinha do seu biquini era um pouco transparente e, molhada da água do mar, deixava transparecer seus pentelhos, ao que ela me respondeu, "melhor assim". Nessa época éramos apenas namorados.Seu nome é Camila, cabelos longos e seios enormes, quase desproporcionais, com biquinhos rosados, tem cerca de 1,68cm. É uma mulher extremamente bonita e sem dúvidas seus seios lindos se destacam no conjunto. Havíamos tido apenas uma experiência no swing, em uma casa, em que eu a comi em uma cabine, com a grade fechada, e depois a chupei até fazê-la gozar, quando então percebi que estava sendo observado por várias pessoas. Embora não tivéssemos tido qualquer outra experiência, na noite em questão estávamos dispostos a ir até as últimas consequências. Havíamos combinado uma espécie de jogo, uma aposta, e nenhum dos dois estava disposto a perder. Fomos a uma casa de swing em São Paulo, no Brooklin, em um local de altíssimo nível. Já no caminho sentia um frio na barriga pensando no que poderia acontecer com a minha mulher, que não aparentava nenhuma ponta de arrependimento em fazer o que estávamos fazendo. Ela usava um vestido marrom de um tecido fino, um pouco acima do joelho, e uma bota de couro preto. Chegamos por volta das 23 horas e nos sentamos em uma mesa de frente para a pista de dança. Pedimos dois drinks e ficamos conversando e observando os outros casais e umas moças que dançavam em dois pequenos palcos que ficavam no meio da pista de dança. Depois que ela tomou a segunda birita e eu terminando a segunda dose de whisky, puxei-a pela cintura e falei baixinho no seu ouvido o desafio que lançaria a ela. Pelo acordo, eu iria mandar ela fazer alguma coisa e, se ela topasse e efetivamente fizesse, eu não poderia mais interrompê-la. Falei com ela: "quero que você tire a sua calcinha, deixe comigo e suba para o andar de cima. Eu vou tomar outra dose e subir. Quando eu chegar lá em cima, quero ver se você terá coragem de já estar fodendo com outro cara. Da minha parte, o desafio é deixar você fazer o que quiser e não interromper". Ela deu um sorriso e fez uma cara safada, como se tivesse ganhado a maior oportunidade de uma vida, lambeu minha orelha, pegou meu rosto com as duas mãos e me deu um safado beijo de língua, evidenciando o tesão que estava sentindo, virou-se pra mim com um enorme sorriso no rosto e disse: "meu amor, pode ter certeza de que eu não vou pular fora, daqui há alguns minutos eu vou estar trepando e gemendo na pica de outro macho e você não vai poder fazer mais nada, e nós dois nunca poderemos voltar atrás do fato de eu ter fodido com outro". Aquelas palavras me gelaram a barriga, desde o início tinha dúvidas se ela seria capaz de foder com um desconhecido em uma casa de swing, mas vendo a decisão dela percebi que, a não ser que eu perdesse a aposta e desistisse daquilo tudo, em pouco tempo veria o pau de outro macho entrando na buceta da minha esposa. Eu respondi que que já tinha pensado nisso e deveríamos seguir até o fim, embora no fundo estivesse inseguro se conseguiria suportar. Dito isto, ela enfiou as duas mãos por baixo do vestido, levantou o quadril para facilitar e me entregou a calcinha, me deu mais um beijo de língua e levantou decidida rumo à escada para o segundo andar, que ficava em frente da nossa mesa, do outro lado da pista. Cheirei sua calcinha preta no lugar da bucetinha, estava muito molhada e demonstrando o quanto minha mulher estava excitada, com a vagina pronta a receber um pênis a qualquer momento. Vendo-a caminhar atravessando a pista, com seu vestido marrom e suas botas de couro, tive o impulso de me levantar e acabar com aquele jogo, chamando-a para voltarmos para casa, mas estava totalmente dominado por um tesão e um ciúme que nunca tinha sentido antes, e meu pau explodindo de tesão dentro de minha calça me obrigou a ficar sentado e ir até o fim. Guardei a calcinha no bolso e chamei o garçom para pedir mais uma dose, para me ajudar a controlar a curiosidade e o ciúme que sentia. Tomei minha terceira dose bem devagar, olhando fixamente para a escada, imaginando se ela desceria a qualquer momento, desistindo do jogo, ou se ela já estaria lá em cima trepando com outro, um total desconhecido, expondo a sua buceta em público. Tomei minha bebida vagarosamente, me controlei ao máximo e me levantei para atravessar a pista de dança e subir ao segundo andar, já sabendo que pelo tempo decorrido sem que ela tivesse descido, cerca de 30 minutos, ela certamente já estaria fazendo sexo com outro. Com as pernas bambas, fui subindo as escadas, com o coração acelerando a cada degrau, um frio na barriga e a respiração ofegante. Cheguei no corredor escuro e passei a procurar a minha esposa, vendo outros casais transando e gemendo nas cabines, dando ao segundo pavimento um clima eminentemente sexual. Antes de olhar dentro de cada cabine meu coração ia na garganta, imaginando que veria minha esposa trepando com outro, mas por mais que procurasse não conseguia achá-la e o local era enorme, escuro, com o som de música e casais transando. Já batendo um certo desespero, imaginando onde ela poderia estar, mas com a certeza de que ela estava dando para outro, entrei no labirinto ofegante, olhando para todos os lados, quando notei ao fim um enorme quarto coletivo, onde vários rapazes se aglomeravam na porta, tentando ver cada detalhe do que acontecia lá dentro. Sem respeitar a ordem de "preferência" que já tinha se estabelecido na entrada, abri caminho e entre algumas reclamações cheguei e vi a cena que não esperava ver, muito mais forte do que eu jamais imaginara, me deixando sem ar, quase caindo para trás com as pernas bambas: minha esposa praticamente nua, apenas com as botas de couro, com o vestido levantado na altura da cintura, tanto a parte debaixo como a alça, fazendo como que um cinto, apoiando a barriga em uma espécie de sofá erótico, com a cabeça mais baixa do que a altura da cintura, a bunda escancarada, as pernas totalmente esticadas e abertas, com um rapaz forte, loiro, com cerca de 23 anos, fodendo sua bucetinha com total violência, as mãos enterradas em sua bunda. Eu ouvia o barulho de carne batendo contra carne e seu gemido alto a cada estocada funda. Uma cena que jamais esquecerei. Pior, atrás deste rapaz diversos outros, além dos que já estavam na porta, nem sei quantos, com os paus em uma mão e a camisinha em outro, aguardando a vez de foder aquela mulher maravilhosa, que se oferecia a quem quisesse comê-la, sem nem olhar para a cara, idade e cor dos donos dos paus. Do outro lado do sofá, dois outros caras fortes, com os paus moles e se vestindo, dando a certeza de que ela já tinha sido comida por eles. Sem nem pensar muito, já deixando para trás qualquer sentimento de arrependimento e dominado pelo tesão, com o pau explodindo, me ajoelhei e tentei beijá-la, enquanto abria minha calça, mas era difícil encontrar seus lábios, em razão das fortes estocadas que faziam sua cabeça ir e voltar, fora os gemidos que ela não conseguia controlar. Com sofreguidão consegui beijá-la e em seguida sentei no sofá de frente para ela e ofereci meu pau para ser chupado, enquanto via a sua bunda escancarada, vermelha das várias mãos que passaram por ali, balançando a cada estocada que levava. Quando o rapaz demonstrou que estava perto de gozar, o próximo da fila já enfiou a camisinha e preparou-se para fodê-la, sem deixar que sua bucetinha ficasse sequer 5 segundo sem estar preenchida pela pica de um desconhecido. De vez em quando, com meu pau em sua boca, ela olhava para dentro dos meus olhos, com a testa franzida e os olhos cerrados, querendo deixar claro para mim quanto prazer estava sentindo. Depois, tirava meu pau, abraçava a minha cintura e deitava a cabeça no meu colo, intercalando frases com gemidos dizia, "aí meu amor, minha buceta está toda arrombada, eles estão metendo com toda a força, eu quero pica, vou ficar aqui até todos arrombarem minha buceta". Ela estava totalmente entregue, com a bucetinha aberta ao público e um a um os rapazes iam se revezando e fodendo a sua vagina. Até que chegou a vez de um homem negro alto, com o pau enorme, muito cumprido e grosso, que me deu a impressão de que ela não aguentaria. De tão grande, a camisinha entrava apenas até a metade de sua pica. Quando ela sentiu a cabeçona na sua portinha, parou de chupar meu pau e se agarrou em mim e logo que a cabeça do pau dele arrombou a sua buceta, ela enterrou as unhas na minha perna e soltou um grito brutal, mas não pode fazer nada, porque o macho a segurava firmemente em suas ancas, ela não conseguia fazer mais nenhum movimento. O cara não teve piedade e, decidido e literalmente arrombá-la, passou a socar com toda sua força, arrancando dela gritos de dor, mas sem que ela fosse capaz de pedir para ele parar. Eu não podia acreditar que aquela sucuri enorme estava cabendo na buceta da minha mulher, já nos conhecíamos há dez anos e eu sabia que sua buceta era pequena, apertada, e em diversas vezes eu já chequei a tocar no seu útero com o meu pau. Levantei do sofá e me posicionei atrás dela, ao lado do cara, e vi aquela enorme pica negra entrando até o final em sua buceta, o pau do cara já estava toda melado da buceta da minha mulher. De repente ele parou para ajeitar o preservativo, tirou seu pau de dentro e pude ver a vagina dela arrombada, já não fechava mais, com o diâmetro maior do que uma moeda de 1 real. O rapaz voltou a fodê-la até gozar, deixando-a desfalecida, com a sua bucetinha arrombada aberta, de longe podia-se ver o estrago que fizeram nela, que estava deitada sem forças no sofá. Após gozar ele deu lugar  a outro felizardo e assim sucessivamente os machos iam se sucedendo, tratando a Camila como os cães tratam as cadelas no cio. Ela às vezes trocava de posição, às vezes deitando de frente, em posição de frango assado e quando chegou um rapaz meio baixo e gordinho, com o pau curto mas grosso, parecendo uma lata de cerveja, ela pediu para ele sentar no sofá e se posicionou acima dele, encostando bem devagar a buceta na cabeçona e tentando descer com cuidado. Eu a ajudei segurando-a embaixo de seus braços. Estava difícil de entrar, mesmo com a arrombada do negão, o pau do gordinho era muito grosso. Aos poucos ela foi descendo e se encaixando, começando a rebolar naquela "lata de cerveja" que a arrombou ainda mais. Fiz questão de chegar bem de perto e ver aquela jeba enorme sumindo na bucetinha de camila, totalmente arregaçada, atolando 100% da grossa pica do gordinho. Bom, no final das contas, pelo menos 17 caras a foderam, deixando a sua bucetinha para sempre em outro patamar em termos de largura, pois ela de fato foi arrombada por diversos caras. Fomos embora, ela cheia de marcas pelo corpo, dos agarrões e chupões que levou naquela noite inesquecível. Eu tinha dúvidas quando chegamos na casa de swing se ela teria coragem de dar para outro homem e o que aconteceu foi uma verdadeira farra, jamais imaginei que ela seria capaz de fazer o que fez naquela noite. Mais tarde ela me confidenciou que sua intenção era dar para apenas um e matar a sua curiosidade, mas no labirinto três rapazes a agarraram e depois que o tesão subiu ela se soltou e resolveu dar para quem tivesse disposição de comê-la. Eu cumpri com a minha parte na aposta e não interferi, deixando que ela fosse fodida por 17 homens. No carro, no caminho de casa, ela colocou os dois pés sobre banco e levantou a saia, mostrando que sua buceta tinha ficado totalmente arrombada e não voltava ao normal. Eu coloquei dois dedos dentro e me certifiquei que de fato aquela bucetinha que até então era só minha nunca mais seria a mesma. Quando chegamos em casa, eu, que havia me controlado até então, puxei-a pela cintura e a arrastei até a nossa cama, tirei seu vestido, deixando-a apenas com as botas e penetrei de uma vez sua buceta. Pude constatar como ela de fato estava arrombada, toda melada, mas aberta, dava a impressão que se eu posicionasse poderia ficar com o pau dentro dela sem tocar nas laterais de sua vagina, de tão alargada que estava. Aquilo ficou como uma tatuagem, uma lembrança de que sua bucetinha havia servido a vários machos, algo que parecia ainda mais improvável quando estávamos em nossa casa, na nossa cama, prontos a voltar à rotina dos nossos respectivos trabalhos na segunda feira seguinte, com a certeza de que em nossos empregos e em nosso círculo social ninguém jamais desconfiaria que aquela pacata esposa um dia fora seviciada por 17 machos desconhecidos em uma casa de swing em uma noite de sábado. Voltando de meus pensamentos, fodi até inundar sua buceta com meu esperma, liberando todo o meu tesão e tensão reprimido por toda aquela noite. Sem tirar meu pau de dentro, dormimos, exaustos, com minha porra escorrendo de sua buceta. No dia seguinte, fomos tomar banho, ela com as marcas no corpo já roxas, a buceta alargada, mas se sentindo realizada por estar ao lado do homem que ama, mesmo após ter emprestado sua buceta para satisfazer outros machos cujos nomes sequer conhecia, sendo que de muitos nem mesmo o rosto viu, certa de que jamais encontraria aqueles homem a quem tanto prazer deu.








                                                    aproveita o prazer do sexo sempre com segurança
sexo seguro só com camisinha..

terça-feira, 23 de outubro de 2012

aqui esta algumas foto de ilustração, de mulher de corno manso..

mulher de corno no supermercado fazendo compras !!




















               
esposa de um corno manso fiscalizando a obra de reforma na sua casa
    esposa puta vadia deixo o corno em casa para cair na balada.
confira como eles sai de casa, e tudo que elas faz na rua de madrugada..



































tem coisas na vida que nem precisa ser ditas, só os gestos já diz tudo
           corno feliz na balada
"oque você disse amor é verdade, a diferencia é muito grande, o cacete do seu amante é bem maior !!!


     olha o corno exibindo sua esposa sem calcinha





       confira nas foto, como esposa de corno anda na rua




                      esposa vadia pulando a cerca para dar pro vizinho




olha só como essa esposa vadia gosta de se exibir para o fotografo

         esposa puta andando na rua pelada







  



homens casados com mulheres boazinhas precisam tomar cuidado !!!
quem sabe você já é corno mas não sabe..